Caminhoneiros discutem possibilidade de nova paralisação no Brasil


O Sindicato de Transportes de Cargas do Piauí está participando das reuniões que discutem a proposta de paralisação das atividades dos caminhoneiros. 

O presidente do sindicato da categoria, Humberto Lopes, que está em Brasília participando da posse do novo Presidente da CNT, explicou que os principais compromissos definidos pelo ex-presidente do Brasil, Michel Temer, não estão sendo cumpridos. “Realmente eles estão se articulando, fadiga total na área dos carreteiros e eles estão programando uma paralisação. Mas, ainda nada de concreto no nosso sentor”, disse.

O presidente disse também que o governo foi informado sobre o movimento de paralisação. “Estamos tratando desse assunto agora em Brasília mas, o Governo já se antecipou com algumas medidas que é o que realmente eles estão querendo que é a política do preço dos combustíveis que não tem como acompanhar e a tabela do frete mínimo”, concluiu. 

A última greve dos caminhoneiros aconteceu em maio de 2018 e durou cerca de 20 dias. 

Comente!